Vamos imaginar juntas como seria a roupa dessa mulher… Nada curto, saia no máximo até 2 dedos acima dos joelhos, braços cobertos, nada de decotes extravagantes, cores monocromáticas e clássicas. Imaginou? Agora, acrescente o fato desta mulher ter mais de 50 anos. Pronto, agora compare com as imagens a seguir, era assim que você imaginava essa mulher?
Glória Kalil tem nome e renome no mundo da moda, é respeitada por quem é do ramo e simples mortais que nada sabem, só sabem que ela sabe tudo (tipo assim).  Ela dá dicas, informa e divulga as regras do bem vestir. Porém, o mais importante para mim, é que ela cumpre a risca tudo aquilo propaga. Glorinha (íntchima!) não cai no ditado “Faça o que digo, mas não faça o que eu faço”. Observem que em todas as fotos ela cumpre a lista de regras que escrevi no começo.
O post de hoje foi feito para mostrar que mulheres acima dos 50 anos podem e devem se vestir de forma elegante e mesmo assim atual. O estilo de Glória Kalil é exatamente esse, eterna elegância, mas com peças dramáticas, de cortes ou cores que fazem o diferencial em seus looks. Olhamos para ela e pensamos “É uma mulher moderna”. Tenho observado que ela está mais divertida na hora de se produzir, mesclando estampas ou colocando itens que saiam do óbvio, como foi o caso do turbante. Acho que as it peças conseguiram conquistar também a Glorinha.